Erecção – O mito urbano

Ao fim de alguns anos com uma filosofia de vida na sua grande parte, nudista, não deixo de me ver deparado com questões repetitivas quando sou questionado sobre a prática de andar em pelota como se nada fosse. Uma das mais recorrente é a questão das ereções.

Ora pois então. Elas existem, não as podemos negar e se a partir dos 60 ainda as tivermos já é uma sorte. No entanto, é um dos mitos urbanos mais presentes para alguém que seja curioso e queira experimentar o nudismo, seja ele onde for.

Pois bem meus caros, fear no more, em todos estes anos de praias nudistas, yogas nudistas, meditações nudistas e até andar em casa em pelota com convidados que não o fazem, posso garantir-vos que as hipóteses de isto acontecer são extremamente baixas.

É claro que ninguém é igual, no entanto, este mito urbano reside apenas no imaginário das pessoas exteriores à pratica do nudismo em espaços públicos. Na sua grande maioria, a ereção poderá ser “temida” pelo facto de nos encontrarmos nus num espaço publico, com outras pessoas a ver, ou então o facto de ser uma prática nova poderá trazer algumas sensações inesperadas. Tudo isso não passa 90% das vezes (não, não fiz nenhum estudo e apenas mandei uma percentagem para o ar) de medo. Medo do que possa acontecer, medo do que os outros possam pensar, medo de coisas…

Em todos estes anos de nudismo, nunca dei conta de uma ereção enquanto estava nu em frente a alguém, (a não ser…bem vocês sabem). Em todos estes anos de nudismo, nunca vi ninguém com uma ereção nem com um ataque de nervos causado pela iminência dela aparecer.
De facto, enquanto estamos despidos em frente alguém, todo esse medo desaparece, desaparece a partir do primeiro segundo em que entram num ambiente nudista. Isto acontece não pelo faco de tudo aquilo que acontece num ambiente nudista é encarado como algo perfeitamente normal.

Vamos ser realistas, no vosso dia a dia vocês não andam por aí de “tenda armada” constantemente (por exemplo, a pedir um café e um pastel de nata). E porquê? Porque é um ato normal, assim como ir a um espaço nudista onde vocês se sintam à vontade. Assim que o fizerem, todos os medos irão desaparecer e todos os mitos construídos nessas cabecinhas irão evaporar-se.

Por isso meus amigos, se o vosso receio de estarem completamente nuzinhos em frente a outras pessoas era o facto da vossa virilidade vir ao de cimo, ponham tudo isso para trás das costas e façam o que têm a fazer.

Só vivemos uma vez, aproveitem para fazer aquilo que gostam e estejam como acham mais confortável.

Vão ver que não se arrependem 🙂

Sou o criador do blog reNUvar. Encarando a nudez como forma de liberdade e de igualdade entre todos, criei o reNUvar como forma de dar a conhecer uma realidade diferente, livre de tabus e em comunhão com a Natureza.

2 Comments

  1. Kari
    18 Setembro, 2018

    Adoro essa filosofia!

    Responder
  2. Kari
    18 Setembro, 2018

    Adorei essa matéria,o pênis é lindo Seja com o ereção!

    Responder

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Scroll to top