Sempre sem roupa? As 3 coisas a não fazer nú.

 

Olá amiguinhos nus.

Estava eu a passear pela casa no meu traje do costume (sem traje), quando comecei a pensar cá para mim a sorte e o conforto que nos é disponibilizado pelo simples facto de podermos estar nus em casa. No entanto, pensei logo que nem sempre é aconselhável andar ao léu pela casa e em certas ocasiões até poderemos por em risco as nossas partes mais sensíveis.

Por essa razão, decidi presentear-vos com o Top 3 das coisas a não fazer sem roupa.

 

Top 3 das coisas a não fazer sem roupa:

  • Estrelar ovos – Vão-se arriscar a estrelar um ovo sem roupa? Corajosos. Ponham um avental e a coisa resolve-se, mas, no entanto, está no primeiro lugar deste Top 3. O facto de existir algum tipo de óleo a saltar-nos para as partes intimas é assustador como também é perigoso. De facto, qualquer tipo de confeção culinária deveria ser feito com algum equipamento de segurança. Não se aventurem.

 

  • Passar a ferro – Feito por muitas mulheres e vários homens, esta tarefa caseira completamente comum passa a ser uma autentica carnificina quando se pratica a nu. Especialmente para aquelas tábuas mais baixinhas esta não é uma tarefa aconselhável de se fazer quando se está nu.

 

  • Fazer pequenas reparações com Super Cola 3 – Parece parvo e é parvo mas no entanto, é daquelas coisas que fazemos muitas vezes sem qualquer receio. Um bocado de Super Cola 3 nas mãos resolve-se facilmente com alguma água quente e um bom diluente. Já pensaram fazer o mesmo lá em baixo? Não há cera depilatória mais forte, nem dor.

 

Parece brincadeira, mas a verdade é que existe um tempo para tudo.

Para além de nos sentirmos confortáveis é preciso termos noção da segurança e a verdade é que em certas ocasiões a roupa oferece-nos isso. 

Pratiquem o nudismo em segurança 🙂

Posted in CORPO E MENTE and tagged , , , , .

D

Sou o criador do blog reNUvar.

Encarando a nudez como forma de liberdade e de igualdade entre todos, criei o reNUvar como forma de dar a conhecer uma realidade diferente, livre de tabus e em comunhão com a Natureza.

Deixar uma resposta